segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Como formar um grupo vocal?

Um grupo vocal é formado por 4 vozes, que chamamos de naipe: soprano, contralto, tenor e baixo. Algumas vezes podemos adicionar a estes o mezosoprano (um soprano “mais grave”....não muito agudo, chamado também de 2º soprano) e o barítono. Bem, é claro que esta formação é para grupos mistos de homens e mulheres.

No caso de um grupo feminino, geralmente as vozes são divididas em três: soprano, mezo e contralto. Quando a divisão é a 4 vozes adicionamos o 2º contralto.Num grupo masculino a divisão acontece assim: 1º tenor,2º tenor, Barítono, Baixo.

Qual dessas formações é a melhor? Depende daquilo que você quer e pretende. É certo que cada uma delas reproduzirá uma sonoridade diferente e peculiar, mas todas têm uma característica muito comum: a harmonia das vozes.

Alguns grupos costumam cantar acompanhados por uma banda ao vivo, ou playback (apenas o instrumental), já que não é tão fácil assim ter músicos instrumentistas à disposição, salvo raras exceções. Outros grupos já preferem cantar acappela, uma forma bem peculiar de formação de grupo vocal, pois aí não precisamos de nenhum instrumento para acompanhar o vocal, ou seja, é tudo no gogó! Há ainda os grupos que se servem muito bem dos dois estilos, o que acho ser de muito proveito, pois assim o diretor musical do grupo leva seus cantores a conhecerem os dois lados da moeda e a desenvolverem sua capacidade musical e vocal em ambas as formas.

Para você formar um grupo vocal basta ter material humano competente pra isso. Não, não estou dizendo que todos os integrantes devem ler partitura habilmente, nem ter um ouvido absoluto! É preciso que os vocalistas tenham no mínimo a voz afinada e sensibilidade para música.

Se você conhece pessoas assim, o que está esperando? Comece logo! Não Perca tempo!

Post atualizado em 02/01/2016


8 comentários:

  1. Muito obrigado mesmo eu estava precisando muito saber disso, é que eu quero formar um grupo de 3 pessoas.E eu gostaria de saber se meu grupo daria certo? pq muitos grupos são compostos de 4 ou 5 e o meu é só de 3!

    ResponderExcluir
  2. se a sua intenção é fazer um trio, tem tudo pra dar certo sim, mas se vc quer um grupo maior tem que procurar as quantidade de pessoas necessárias pra fazer o que vc quer. Enfim, vc decide o tamanho do seu grupo e não importa o tamanho. o que vai fazer dar certo são as pessoas e não a quantidade! Deus te abençoe e te capacite tb. Se Ele estiver na frente já deu certo!

    ResponderExcluir
  3. O que é soprano,contralto,tenor e baixo?
    Mas vamos direto ao ponto, eu quero formar uma dupla vai dar certo?

    ResponderExcluir
  4. Olá! Bem, esses naipes são nada mais que a classificação vocal da voz humana. Soprano e Contralto são respectivamente a voz mais aguda e a mais grave das vozes femininas. Tenor e Baixo por sua vez são as vozes mais agudas e mais graves dos homens, respectivamente.

    Você quer formar uma dupla? A divisão de vozes dependerá de quem será o outro: voz masculina ou voz feminina? Mas independe de naipe. Se vc é mulher, soprano e quer fazer um dueto com outra soprano vc dividirá as vozes em 1ª e 2ª voz. A primeira voz normalmente é a melodia da música, e a segunda voz é uma melodia diferente, que contrasta com a melodia da música e que pode ser mais aguda ou mais grave. Isso aí já depende do arranjo vocal que vc fizer na música. Bom, esse mesmo princípio vc vai levar em conta se forem duas vozes masculinas, ou duas vozes mistas (masculina/feminina). Claro, que existem peculiaridades nessas outras formações de duetos, mas isso pode depender tb do repertório e do arranjo vocal da música.

    Se vai dar certo? Por que não daria? rsrs Eu costumo dizer que se as duas pessoas, três, quatro, cinco, ou quantas forem, estiverem com o mesmo objetivo e se empenharem no projeto, tem 100% de dar certo. Se vc ainda não tem nenhum conhecimento musical, sugiro que procure um professor de canto e de teoria musical. O professor de canto além de trabalhar os aspectos musicais vai te ensinar a usar adequadamente a sua voz para maximizar seu potencial vocal e além disso, prevenir qualquer alteração vocal. A teoria musical vai te ajudar a desenvolver sua percepção musical, e vc poderá até escrever alguns arranjos vocais pra sua dupla, no mínimo, pois o conhecimento que vc adquirir vai te fazer ir mais longe!

    Se ainda tiver dúvidas é só escrever!

    Espero ter respondido sua pergunta!

    Boa sorte em sua empreitada!!!

    ResponderExcluir
  5. A paz
    Estou começando com um quarteto e gostaria de saber em que tom cada uma tem que cantar para ficar aquela harmonia linda, que parecem que tao cantando num tom só
    Deus abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Estheer! Que legal! Eu amo música vocal e acho muito bom outras pessoas buscarem formar esse tipo de grupo. Bom, vamos lá! Primeiramente o tom é algo mais amplo, ou seja, se me perguntarem qual o tom da música que quero cantar direi que é, por exemplo, Sol maior. Então todas as vozes que estiverem atuando na música (soprano, contralto, tenor e baixo) terão suas melodias criadas nesse tom, num único tom. Então o soprano irá fazer uma melodia mais aguda, o contralto será mais grave. O tenor por sua vez será mais agudo (lembrando que tenor é a voz mais aguda para os homens) e o baixo fará uma melodia mais grave. Todas essas vozes estarão cantando num mesmo tom, porém com melodias diferentes que se encaixam perfeitamente, dentro do que chamamos de campo harmônico de um determinado tom.
      Vc pode dar uma olhadinha logo acima da sua pergunta, eu expliquei o que são os naipes (soprano, contralto, tenor e baixo).

      Hum..espero ter ajudado! ;)

      Excluir
  6. Olá, a paz do Senhor!
    A maioria das partituras dos louvores que desejo ensaiar estão divididas em soprano, contralto, tenor e baixo, mas quero ensaiar 4 vozes femininas. É possível transpor as vozes do tenor e baixo para 2° soprano e 2° contralto? Como poderia fazer?
    Antecipadamente grata!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daiane! Obrigado por comentar. Bem, vamos lá!

      A primeira providência que você pode tomar é mudar a tonalidade da música. Transpor para um tom que seja confortável para as vozes femininas. Também, é importante salientar, que o arranjo vocal deve estar dentro da extensão vocal feminina!

      Outro aspecto que você tem que observar, e no caso de não poder mudar o tom da música (se vc utilizar playback, por exemplo), é o seguinte: como já expliquei em um comentário acima, o soprano e contralto são as vozes agudas e graves, respectivamente, nas mulheres, e o tenor e baixo são as vozes agudas e graves respectivamente, para os homens. Então você pode colocar o baixo para ser feito por uma contralto e o tenor por uma soprano. No caso do soprano que cantará o tenor, muito provavelmente essa linha ficará acima da melodia principal. Digo provavelmente pois, tudo depende da tonalidade da música e o tipo de arranjo vocal que foi feito para "abrir" as vozes na música original. Podem haver trechos numa mesma música que essa adaptação que citei seja possível e em outros trecho seja até impossível...precisando então "mexer" no arranjo original, modificando-o a ponto de adaptar completamente ao que você quer.

      Entenda o seguinte: não há uma receita de bolo. Se eu te disser: "faça exatamente assim que dará certo", estarei errada. Procure um músico que possa te ajudar olhando para a partitura, analisando os pontos em que é possível ou não fazer o que lhe sugeri e adaptando o arranjo para as vozes femininas. Muitos fatores podem influenciar na hora de fazer o arranjo vocal. Essa forma que sugeri a você é apenas uma dentre várias possibilidades e por isso é importante ter alguém aí do teu lado te orientando. Se você tiver conhecimento musical suficiente para fazer isso sozinha, será ótimo!!! :)

      Deus abençoe

      Boa sorte!

      Excluir

Críticas construtivas são bem aceitas! Então fique a vontade para comentar!